Orçamento Participativo das Escolas

Pelo quarto ano consecutivo foi lançado o Orçamento Participativo das Escolas (OPEscolas). Esta iniciativa pretende, mais uma vez, dar voz aos estudantes que vão poder decidir o que querem melhorar na sua escola.

As propostas elaboradas pelos estudantes devem identificar claramente uma melhoria pretendida na Escola, através da aquisição de bens e/ou serviços que sejam necessários ou convenientes para a beneficiação do espaço e comunidade escolares. O ministério da Educação disponibiliza para o OPE um euro por cada aluno do terceiro ciclo e/ou do ensino secundário. O projeto vencedor será executado sob orientação da Direção da Escola.

Cada proposta pode ser apresentada por um aluno ou grupo de alunos (máximo 5) e deve conter no máximo até 1000 palavras, com ou sem imagens ilustrativas. Para além disso, deve ser apoiada por, pelo menos, 5% dos estudantes da Escola, o que significa que é necessário recolher aproximadamente 55 assinaturas de apoio para cada proposta.

Nesta terceira edição, os alunos poderão apresentar diretamente as candidaturas na página do OPE (www.opescolas.pt), no separador “ Inscrição”. O desenvolvimento e apresentação das propostas decorre até ao final de fevereiro.

Os projetos serão divulgados e debatidos a partir de 8 de março, estando prevista a escolha do projeto vencedor para o dia 24 desse mês, através de voto secreto em urna.